Entendendo "gostos" e "desgostos" na gigante blogosfera

sábado, agosto 24, 2013


Sabemos que a internet é imensa, gigante, e que mal conseguimos utilizar um pequeno percentual do que ela tem a nos oferecer. Acabamos usando as coisas mais óbvias, que são de uso massivo da sociedade, que a qualidade, o conteúdo e o serviço são aprovados/recomendados e, principalmente, que nos atraem por conta de nossos gostos pessoais e preferências. Então, isso quer dizer que se existem aproximadamente 234 milhões de websites e 126 milhões de blogs (jesse thomas , 2009) nós, míseros mortais, acessamos no máximo uns 20 de cada (chutando)? 

Mas por que eu estou fazendo essa enrolação toda? Porque como no mundo físico/real na internet não poderia ser diferente, existem grupos de pessoas (as mesmas do mundo físico/real) que acessam a internet procurando por suas afinidades. As pessoas passam horas na frente do computador, tablet, smartphone. Vocês acham que elas estariam gastando seu tempo livre pesquisando e comentando sobre assuntos que elas NÃO gostam? Acho que hoje em dia a resposta é SIM! Pois é, sim! Ao mesmo tempo que muitos ainda não se convenceram que no mundo em que vivemos cada um tem o direito de se expressar, gostar, vestir, ouvir ou falar o que quiser, na internet não foi diferente. 

Gostaria de falar mais especificadamente dos blogs sobre moda e nas pessoas que curtem o tema. Estilo, cada um tem o seu, certo? Mas na internet parece que não pode! Hoje, todos devem ser idênticos e se vestirem como a" it blogueira", 'top de tudo" e, não poderia deixar de esquecer, "rycah"! Mas se todos são iguais muita gente reclama, aí quando vamos expressar a nossa individualidade também não podemos? Por que ter um estilo diferente do óbvio que é imposto  é feio/esquisito? 

Serei mais objetiva. Faz um tempo que acompanho um blog que foi feito para  as pérolas do mundo das blogueiras de moda,falava-se dos erros de português,falta de conhecimento do conteúdo postado, publicidade imposta aos leitores, preços abusivos de compras e muitas outras coisas. Mas com o tempo o blog se tornou um point de "gongação" de qualquer blogueira, até aquelas que não se enquadram em nenhum dos requisitos a tal "mérito" para aparecer no blog. 

O que tem acontecido é por simplesmente por não concordarem com o estilo de algumas blogueiras, que a meu ver nem são conhecidas como as que influenciaram a criação do blog e muito menos do mesmo universo de "lushoo e ryqueza", elas acabam entrando para o "corredor polonês de comentários maldosos"! Isso me levou a refletir o quanto as pessoas, mesmo as que só absorvem conteúdos, são intolerantes e conhecem tão pouco da cultura alheia. E não conseguem parar para pensar que ninguém é igual e muito menos compartilha dos mesmo gostos. 

Não estou defendendo as pessoas que aparecem por lá, ora, eu costumo ler este blog. Não é a opinião de uma pessoa que fez o blog que me incomoda, e sim saber que tantos seguidores compartilham da mesma chacota, por todo tempo apontando o que acham certo e errado e como deveria ser (lembrando que estou falando de estilo e não do restante do conteúdo que é postado lá) e ao mesmo tempo comentam em anonimato e não mostram o que realmente são. 

Assim como o mundo a blogosfera tem espaço para todos, e é tanto espaço que você pode se poupar de ver o que não gosta! Não se torture vendo imagens e looks do dia que supostamente não curte ou não concorda, vai ver o que te deixa contente e relaxado. Deixe que todos os estilos tenham seu espaço. Simples assim!

Entretanto, o universo alternativo tem ganho cada vez espaço, mesmo com uma falta aceitação do mais conservadores. Falsa aceitação porque esta vai até a "página 2", as pessoas criticam a forma de se expressar através de um visual diferente, mas quando a moda dos acessórios e roupas que os alternativos usam e muito chegam as lojas, e também em lojas de grife, todos querem usar. E usam sem ao menos fazerem sentido para eles, como por exemplo camisa do Whisky JacK Daniel, e das bandas de rock mais famosas, como a do momento ressuscitada no mainstream o Ramones. Tem gente que pensa que o whisky é banda e que Ramones é nome de grife famosa!! Mas isso dá um outro post! Usam porque querem "estar na moda", então os alternativos são os trendsetters! 

O que eles fazem é chacotear, mas quando olhamos nas principais fast fashions é o estilo alternativo que vem ganhando mais espaço, o que mais cresce e que agora já tem até coleções inteiras inspiradas nele (Hello,Gótico e afins!!).Dá pra perceber notoriamente qual é o público que está conquistando espaço! 

Vocêtambém pode gostar

0 comentários

Podem comentar, ainda não paga!! Beijo e um queijo!