Saint Laurent - Do Luxo ao Grunge

quinta-feira, abril 04, 2013


Não, esse post não vai falar mal da coleção da Saint Laurent Paris ( ou YSL para os resistentes) feita pelo estilista Hedi Slimane. Vou falar é muito bem, porque eu gostei mesmo. Assim como a Courtney Love gostou e falou muito bem, talvez essa opinião também incomode as pessoas. Mas de uma coisa eu estou certa, a Courtney viveu o grunge e entende dessa moda!

E é o grunge que foi expressado na passarela, ou seja, o lixo, o ousado, o incomum e desprezado. Porque era/é assim que um grunge é visto, como sujo. Mas foi um movimento curto, porém marcante, e se os anos 90 é a bola da vez mais do que justo a moda grunge está sendo lembrada. E com tanto mérito!

Todo esse grunge na passarela da Saint Laurent Paris incomodou pois subitamente substituiu os luxuosos e caros vestidos que ninguém pode sair no dia a dia com eles. Mas será que o incomodo é ter que pagar mais caro por essa nova imposição da YSL para as chiquetosas quando elas podem encontrar tudo isso em fast-fashions? Ou será que a grife está lendo que as fast-fashions conquistaram seu espaço no mundo da moda e faz render muito dinheiro?Whatever, todo mundo reclama hoje, mas amanhã o Hedi Slimane vai ser lembrado como inovador, que transcendeu os já ditados costumes do luxo!

Sinceramente, o que eu vejo hoje é muita gente rica se vestindo dessa forma mais irreverente e deixando de lado a obsessão por roupas de madame/princesa/duquesa. As roupas ganharam até apelido carinhoso, "ar podrinho".

Fala sério, agora vou poder me vestir e dizer que estou inspirada na Saint Laurent Paris!! Chique não? Sem contar a irreverência dos garotos propaganda da marca: Marilyn Mason, Courtney Love, Kim Gordon e Ariel Pink! Amei!











Grunge luxuosamente representado! 

Vocêtambém pode gostar

0 comentários

Podem comentar, ainda não paga!! Beijo e um queijo!