A Arte de "abrasileirar" os Creepers e Estragá-los!

sábado, fevereiro 23, 2013

Já repararam que quando uma "moda" chega ao brasil logo era ganha uma "brasilidade" inadequada. Concordo com mil coisas que devem ser adaptadas a cada realidade levando em conta até o clima de cada lugar. Mas se essa "coisa" não é necessária em um lugar, ninguém vai morrer se ela não foi adaptável, por quê estragá-la? 

Os Creepers quando invadiram a cena fashion logo foram rejeitados pelos que têm mais pudores, visto que isso acontece com vários itens fashion que só quem tem "estilo próprio"  e atitude conseguem usá-los , principalmente ligando o "foda-se" para a sociedade que só julga.

Mas agora os Creepers saíram do pés das it guéls foram parar em qualquer coleção brasileira de outono/inverno 2013. Vocês lembram do que aconteceu com os polêmicos sneakers de salto aqui no Brasil com a sua popularização? Sim, está acontecendo o mesmo com os Creepers, de polêmico e divisor de opiniões direto para qualquer prateleira de loja. 

Mas deixa de ser hipster Elen!! Isso de vender em qualquer loja não é bom? Sim, seria, se não começassem a transformar o tênis, mudar suas características historicamente determinadas (visto que o tênis foi criado em um dado tempo histórico de guerra e utilizado também por skinheads, punks e talz... leiam ), mudando até a forma do sapato e continuando a chamá-lo de Creeper. Isso pode? Sem dúvidas para mim eles estão lembrando os famigerados sapatos plataformas inspirados nas Spice Girls na década de 90, lembram da plataforma branca mega alta? 

Mas nem todas as marcas estão fazendo este crime. Algumas marcas lançaram o sapato inspirado em suas características reais. 

Vejam algumas inspirações de creepers lá na gringa usados pelas it guéls:




Os Creepers legais lançados, por enquanto, aqui no Brasil:



Os Creepers que parecem tudo, menos Creepers:




Brasil, deixem os Creepers serem só Creepers! O que vocês acham? Ou nem assim vocês curtem esse tipo de sapato?

Vocêtambém pode gostar

0 comentários

Podem comentar, ainda não paga!! Beijo e um queijo!